terça-feira, maio 30, 2006

A verdade sobre o Sasuke - Parte I

Vou falar-vos um bocado do Sasuke.
Praticamente toda a gente que convive comigo já ouviu falar dele mais do que muitas vezes e aborrecem-se comigo, mas (e agora começa a conversa de pessoa obcecada, um pouco mais cedo do que é o costume aqui no blog) vocês não sabem como o Sasuke é adorado por esse mundo fora! E a verdade é que ninguém compreende o que o Sasuke realmente é! O poder dele, a mística do Sasuke!! Por que é que ele é tão admirado, mais do que a personagem principal do manga a que pertence (que é o Naruto!!!!), admirado até fora do mundo de Naruto e do próprio mundo do manga e do anime, havendo pessoas que o adoram detestando o manga?
É aqui que entram as nossas duas heroínas, sempre prontas a desvendar qualquer mistério e conspiração, enigma, situação estranha, simples desentendimento ou anedota seca que não se percebe nada (só não desvendam aquilo que acham que deve permanecer segredo. Não, isto não é desculpa.). Estas duas raparigas, de beleza estonteante e inteligência e astúcia que fariam o Einstein fechar-se no sótão com a humilhação, por acaso têm um blog, que por outro acaso (é fantástico como o mundo é pequeno...) é este mesmo blog! Não é o máximo!? E o melhor ainda está para vir... essas duas raparigas....sou eu e a Jade!!! Demais!!! Não estavam nada à espera, pois não? Não respondam, por favor, deixem-me sozinha a recuperar da triste figura que normalmente faço... ^,^' Adiante, nós descobrimos o que o Sasuke realmente é e chegamos à conclusão que isso faz parte do seu charme. O Sasuke não seria nada se não fosse por essa sua característica.

E agora passamos à divulgação (estreia mundial!!!! és das primeiras pessoas a ler isto!) do que o Sasuke realmente é....

O SASUKE É UM LAMECHAS!

É verdade e podemos prová-lo! Passemos às provas:

Exhibit A:

É um querido, não é? Quando tinha aí uns oito anos (agora ainda é, mas dantes era diferente ;p). Algumas pessoas conhecem o Sasuke por ser uma pessoa muito reservada, convencida (na realidade, ele é daqueles que se podem chamar realistas, porque ele é mesmo o melhor), alheada aos destinos e às opiniões dos outros, enfim, uma pessoa não muito agradável e muito menos sociável. Mas fica essa gentalha a saber que o Sasuke em criança era muito diferente. Era um líder; daqueles miúdos que estão sempre metidos em tudo, mandam nos outros, riem e gozam: o típico traquinas encantador. Não se vê logo pelas trombas que ele tem na imagem? Tudo isto para dizer que este tipo de rapazes é sempre lamechas, daqueles que lutam pelos mais fracos e ficam tímidos em frente às raparigas, como o nosso Sasuke. LAMECHAS!

Exhibit B:

Perguntam-se vocês: "Mas então se ele era tão querido porque é que se tornou tão reservado?" É que houve depois aquela história do "Ah, o meu irmão mais velho Itachi, o génio ninja que já era elite aos quinze anos, passou-se da cabeça e matou a minha família toda, traumatizando-me para o resto da vida porque lhe supliquei para não me matar também, e agora tenho uma obsessão com ele e vivo para ter poder suficiente para o matar." Isto são os pensamentos do Sasuke. Só pensa no irmão, que ele admirava e que o traiu, e não consegue seguir a sua vida nem ligar-se a ninguém verdadeiramente. LAMECHAS! (Na imagem é o Itachi, older brother, a dar um alto ninja kick ao Sasuke-chan, little brother)

Exhibit C:

Mas esta história é só o começo! Ao crescer com estes traumas todos, o Sasuke distanciou-se das pessoas, porque achava que não podiam imaginar o que ele passava. Agora é a parte do famoso "até que um dia...", é das minhas preferidas...:) Vá lá: Até que um dia, ele foi parar à mesma equipa que o Naruto. E pronto, aí, embora sempre sob a fachada dos "eternos rivais" (e todas essas tretas, ou não, de rapazes), ele ganhou o seu melhor amigo (na verdade, praticamente o único) e conseguiu encontrar uma espécie de contentamento. Isto já é muito lamechas mas o mais de tudo é que ele nunca admitiu que o Naruto era o seu melhor amigo, tratou-o sempre como um rival, a não ser numa certa situação trágica que eu conto num outro post. LAMECHAS!

No próximo post continuo com uma série de provas de que o Sasuke é na realidade um lamechas, o maior de todos! Tudo isto em exclusivo só aqui no Spoiler Alert! Vejam anime e leiam manga!

quarta-feira, maio 17, 2006

Ajude a Preservar esta espécie.





A National Geographic, a maior instituição cíentifica e educativa sem fins lucrativos do mundo, pede a todas as leitoras deste aviso que ajudem a preservar esta espécie.
Atão não?!
No rules, great scotch.

terça-feira, maio 16, 2006

Novos Cavalheiros

Quero dedicar este post a todos escuteiros (incluindo o Miguel[Rafael]), o João Paulo e a Andreia). Gostava que soubessem que os escuteiros são das melhores cenas, porquê?
A) É uma escola "p'a bida"
B) Melhora as vossas capacidades de sobrevivência
C) Cria espírito de grupo
D) Cria verdadeiros cavalheiros, pelo que sei os rapazes hoje em dia deixaram a parte dos cavalheiros em casa...já não abrem a porta às raparigas, já não tiram o chapéu para cumprimentar, já não levam as raparigas a casa, são extremamente rudes, e passo a citar: "És toda boa!", ou seja estão completamente esquecidos de todas as regras de cavalheirismo...MAS ainda há esperança! Qual?
OS ESCUTEIROS! (é a parte que vocês dizem "Iei! Vou já para os escuteiros!"), já tenho comprovado, por experiência pessoal, que todos os escuteiros que conheço são cavalheiros, abrem a porta às raparigas, levam as raparigas a casa, tiram o chapéu para cumprimentar, e dizem, passo a citar: "Que rapariga gira!", e ainda arranjam tempo para ajudar velhinhas a atravessar a rua e crianças pobres e tristes a divertirem-se!
Parabéns a todos os escuteiros e continuem assim!

segunda-feira, maio 15, 2006

Momentos favoritos da rádio

A rádio vale a pena ouvir. A sério. Quanto mais não seja para ouvir coisas tão lindas como aquele anúncio do bacalhau:
"Hoje é dia de Pascoal
Bacalhau com presunto, bacalhau com presunto
Hoje é dia de Pascoal
Bacalhau com presunto"
Quem é que resiste a cantar durante estes idílicos 20 (acho eu) segundos? Eu consigo, mas eu sei que vocês não... =)
Também, há uns tempos estava a ouvir uma estação qualquer (não interessa, ficam só a saber que é uma estação com poder para fazer explodir a minha casa neste preciso momento se eu escrever o nome deles aqui, por isso eu não me atrevo...) como estava a dizer, estava eu descansadíssima a fazer contas aos neurónios que perdia de cada vez que pensava em gelados ou pipocas nas aulas de filosofia, em que os mistérios da essência (do que é ser) humana me são desvendados e tudo o que tinha como certo é espezinhado com desprezo pelo professor, enquanto ouvia uma certa (*) estação de rádio, sem ligar um dos meus milhões de milhões de neurónios ao raio da música que tocava. Nisto começa uma música que eu perdida nos meios devaneios, não podia ignorar: Nothing Else Matters! Nem de propósito, diriam alguns que era (vejam lá, os ordinários) ironia! E pronto, lá se foram as contas todas, a música tomou conta de mim e não há mais nada a dizer sobre isso.
Mas não se vão já embora, isto não é só assim. Se fosse, n havia problemo. O que é que dá a seguir naquela bem-(mal-)dita estação?
Pois é...: Saúl, em o Bacalhau Quer Alho....
Qual é o problema desta gente com o bacalhau?

domingo, maio 07, 2006

Genial

«Sem que tal implique menosprezar a hipótese de tais fenómenos se verificarem, será de lembrar a todos aqueles que buscam a transcendência em milagres místicos ou na eventual visita de extra-terrestres ao nosso planeta que, em 27 de Janeiro de 1756 passou-se na cidade de Salzburgo - ao tempo um principado eclesiástico alemão - algo de extraordinário e até hoje praticamente inexplicável dentro dos normais critérios de avaliação do génio humano.»

Wanna find out? You better, it's not something that happens everyday. Google it.

segunda-feira, maio 01, 2006