quarta-feira, junho 28, 2006

International thoughts

Ohaio mina!

This is Summer already, warming us in and outside. Today I feel like a citizen of the world and I want to speak so I feel like I fit in.

I am reading this book now, called Sayonara, by an American writter. It talks about an American Air Force pilot who's stationed in Japan, after WWII. He is a practical man, his parents gave him a fine education and were good to him, but they didn't love each other and passed it down to him, so he thinks he'll never be capable of completely loving someone. He has a girlfriend, a general's daughter, who arranges things so he can have an easy job in the army and spend time with her. Actually everyone expects him to marry her. But, when they finally talk about that, both feel they're not fit to each other; and in his case, he starts to doubt all of his carrier and his plans for the future. He gets to these reflections also because of the story of a mate of his, a young American soldier who struggles with his country so that he can marry an ugly Japanese girl. Our hero just can't understand the young man, until he actually meets the girl and realizes, it's not beauty or even sex, it's love she offers him. That's when his world turns upside down. I'm enjoying it. :)

Hell, I feel like writing a song or a story, inventing people and feelings and deeds. Being in control is what a writter wants. However, his characters always drive him to their fates.

Being driven or drive, that is the question! Which is the same to say: To be or not to be. The book I'm reading tells me: the question is to be complete or not to be complete. Maybe that is the only meaning of to be or not to be, as it is for being driven or drive.

Does this post have a meaning or a message? That's for me to know and you to think about. Meanwhile, a joke:

Dois malucos no manicómio decidem fugir. Com medo de serem apanhados esperam até estar escuro e toda a egnte a dormir para sairem dos seus quartos, pé ante pé, sem fazer absolutamente nenhum barulho, e irem para o telhado, a única possibilidade de fuga. Quando lá chegam deparam-se com um problema: do telhado ao muro que esconde a liberdade vão alguns metros...eles olham um para o outro, será que conseguem passar? Um, o mais maluco, salta para o muro e consegue agarrar-se, por isso vira-se para o outro e pede-lhe que salte também. O outro recusa. Então, o que saltou diz: "Não te preocupes, eu ligo a luz da minha lanterna, a fazer de ponte, e tu passas por cima dela." O outro, obviamente perturbado com a insanidade daquela proposta, responde-lhe: "Tu estás mesmo doido! Então e se quando eu estivesse a atravessar a lanterna ficasse sem pilhas?"


(= just perfect

segunda-feira, junho 19, 2006

A verdade sobre o Sasuke - Parte II

Voltámos, como já devem ter reparado, à nossa secção sobre o Sasuke, que parece vir a estender-se infindavelmente. Eu já vos expliquei como ele é um fenómeno mundial, como nós pensamos muito nele e, como ninguém parece querer comentar os nossos posts sobre o Sasuke, nós achámos que a única maneira de vos sensibilizar para a grandeza desta personagem era enfiá-la pelos vossos olhos até a reconhecerem e quererem comentar por já saberem tanto sobre ela :) Somos adoráveis ou não?
Seguindo o título e o post antecedente, continuamos com apresentação de provas irrefutáveis de que o Sasuke é (como nós descobrimos e divulgamos exclusivamente aqui no Spoiler Alert) um LAMECHAS. Se quiserem ler as provas A, B e C de que o Sasuke é lamechas, podem fazê-lo clicando na coluna do lado esquerdo, no link "A verdade sobre o Sasuke - Parte I", senão eu também não vos vou explicar outra vez. Dobe!
Passamos rapidamente para aquilo por que vocês anseiam (eu sei que sim, não escondam!): as provas!!

Exhibit D:
Ai, ai, Sasuke-kun, Sasuke-kun... Foi nesta imagem que nós descobrimos que ele é lamechas. Eu explico-vos a história toda. Quando entrou para a Team 7, para além de ter conhecido o Naruto, o Sasuke também se tornou parceiro da Sakura. Ah, pois é...já estão a ver a cena toda. A Sakura adora o Sasuke desde pequenina (até se tornou inimiga da sua melhor amiga, a Ino, por causa dele) e ficou deliciada por calhar na equipa dele (facto que não se esqueceu de esfregar na cara da Ino). Por seu lado, o Sasuke não diz nada...sabem como ele é, calado, reservado, irresistível! Quando a Sakura começa a falar a sério sobre o que sente por ele, o Sasuke (que a ouve sempre de costas e portanto nunca vemos a sua expressão..."será que está a gostar? nem por isso"...) vira-se simplesmente, em alto estilo, mais irresistível que nunca e diz-lhe, com um olhar duro: "You really are annoying." Haverá maior (e melhor) indirecta? LAMECHAS!

Exhibit E:
Além disto, houve aquela outra vez... quando o Sasuke se passou da cabeça. Na verdade, ele estava sob o poder do cursed seal que o Orochimaru lhe deu durante o Chunnin Exam (vejam o anime!) e, basicamente, passou-se da cabeça. Sentiu o imenso poder que o seal libertava de dentro dele e, como todos os que ganham poder desse tipo, decidiu usá-lo... Nada de mais: arrasou com todos os maus à volta dele (porque tinham batido à Sakura e feito com que ela tivesse cortado o cabelo para se libertar), partiu os braços (muito sadicamente, se me perguntarem) a um rapaz que o estava a ameaçar (é certo) e preparava-se para aplicar os mesmos princípios aos amigos que já não reconhecia. Mas isto foi tudo em frente à Sakura que não conseguiu aguentar...levantou-se, correu para ele e agarrou-o, como vêem na imagem..."Iameté, Sasuke-kun...Iameté!" E ele....parou, e o cursed seal retrocedeu. Acho que isto diz tudo. LAMECHAS!

Exhibit F:

Eeeee... quando o Sasuke se foi embora de Konoha. Decidiu sucumbir ao poder do cursed seal e aceitar a proposta do Orochimaru: de se tornar forte para poder matar o irmão (lembram-se que ele tem aquele trauma de querer matar o irmão que assassinou o clã inteiro. São uma família muito violenta), entregando o corpo ao Orochimaru (para ele poder ter os poderes dos Uchiha [o clã do Sasuke] e viver mais uns aninhos sempre jovem =) maravilha!). Está um bocado confuso, mas é uma história muito complicada e se virem o anime percebem logo tudo. O que interessa é a parte em que o Sasuke está a abandonar a aldeia, depois de ter lutado com o Naruto pela primeira vez (muito lamechas). A Sakura apercebe-se do que ele vai fazer e tenta impedi-lo. Ela aparece-lhe à frente e pede-lhe que não se vá embora, que não a deixe sozinha porque ela ama-o e preferia ir com ele e até ajudá-lo a vingar-se do irmão. É desta vez que ele se sai com o "You really are annoying." E depois segue-se o que vêem nesta imagem: "Thank you", deixa-a sem sentidos e deita-a muito direitinha num banco. Assim, parte o Sasuke. LAMECHAS!

Exhibit G:
Esta é a última prova de que o Sasuke é dos maiores lamechas do mundo, embora ache que realmente nem precisava de mais nada porque já disse e mostrei o suficiente. Por esta altura, já ninguém duvida que o Sasuke seja lamechas, mas esta é dois anos depois, quando os nossos três heróis se voltam a encontrar. O Naruto e a Sakura, que sonharam com este momento durante esse tempo todo, ficam extasiados a olhar para ele, nem conseguem dizer nada. O Sasuke (que provavelmente também sonhou com isto esse tempo todo) começa a falar e os outros dois apercebem-se, infelizes, que ele continua virado para o Dark Side [estou a fazer-vos alto Spoil mas vocês nem se queixam] ...o que ele diz não interessa, uma vez li numa revista que só 7 % daquilo que nós dizemos contribui para a mensagem que quem nos ouve vai entender, a maioria dela é passada pelo tom de voz, expressão e gestos. Por isso, vamos apreciar os gestos do Sasuke. O que é que ele faz, depois deste tempo todo...? Está na imagem, olhem para lá...o que é que ele está a fazer? Acham que ele está a abraçar o Naruto? Parece que sim, não é? Mas pelo que ele dizia parecia que ia matá-lo ali mesmo...mas não parece, parece um abraço. Se calhar até é. LAMECHAS!

LAMECHAS! LAMECHAS! LAMECHAS! LAMECHAS! LAMECHAS! LAMECHAS!

VEJAM NARUTO! loooooooool

segunda-feira, junho 12, 2006

Tributo ao Sabor

Ever since I saw you I want to hold you like you were the one.


I cannot turn to see those eyes as apologies may rise, I must be strong and stay an unbeliever and love the sound of you walking away.

As you walk away my headstone crumbles down, as you walk away the hollywood wind's a howl, as you walk away the Kremlin's falling, as you walk away Radio 4 is static.

adaptação livre_desculpem-me os autores_interpretação livre ;)

terça-feira, junho 06, 2006

"Pleased to meet you. I hope you guess my name..."


Quero apresentar-vos formalmente uma das pessoas que anda aqui há mais tempo e que, mesmo que não queira, equilibra o nosso mundo e impede o seu fim.
Conheçam o Aion (aka Satanás, aka Lúcifer, aka Diabo, aka Besta, aka anjo caído), um "homem" com estilo, cultura, bom gosto e educação.
Entre os demónios é conhecido como Boss, ele é um dos dois demónios que não tem cornos*, é também conhecido por querer a absolvição de todos os demónios (o que custaria o fim do mundo) porque ele gosta de "brincar" aos Deuses, têm uma certa "simpatia" pela Maria Magdalena. Ele também é conhecido por pagar mal aos seus trabalhadores...perguntem à Genki, e pelos seus fetiches por santas, bruxas e freiras (como demónio é um ser muito sensual e até sexual por isso... sabem como é!...).
Isto tudo para quê? Pelo simples facto de o nosso caro amigo fazer aninhos hoje(2006.06.06).
Aqui fica a minha prenda:

Guns 'N' Roses - Sympathy For The Devil

Please allow me to introduce myself
I'm a man of wealth and taste
I've been around for a long, long year
Stole many a man's soul and faith
And I was 'round when Jesus Christ
Had his moment of doubt and pain
Made damn sure that Pilate
Washed his hands and sealed his fate
Pleased to meet you
Hope you guess my name
But what's puzzling you
Is the nature of my game
I stuck around St. Petersberg
When I saw it was a time for a change
Killed the Czar and his ministers
Anastasia screamed in vain
I rode a tank
Held a general's rank
When the Blitzkrieg raged
And the bodies stank
Pleased to meet you
Hope you guess my name, oh yeah
What's puzzling you
Is the nature of my game, oh yeah
I watched with glee
While your kings and queens
Fought for ten decades
For the Gods they made
I shouted out "Who killed the Kennedys?"
When after all
It was you and me
So let me please introduce myself
I'm a man of wealth and taste
And I laid traps for troubadors
Who get killed before they reached Bombay
Pleased to meet you
Hope you guessed my name, oh yeah
But what's puzzling you
Is the nature of my game, oh yeah,
get down, baby
Pleased to meet you
Hope you guessed my name, oh yeah
But what's confusing you
Is just the nature of my game
Just as every cop is a criminal
And all the sinners saints
As heads is tails
Just call me Lucifer
'Cause I'm in need of some restraint
So if you meet me
Have some courtesy
Have some sympathy, and some taste
Use all your well-learned politics
Or I'll lay your soul to waste, um yeah
Pleased to meet you
Hope you guessed my name, um yeah
But what's puzzling you
Is the nature of my game,
um baby, get down
Woo, who

Oh yeah, get down
Oh yeah Oh yeah!
Tell me baby, what's my name
Tell me honey,
baby guess my name
Tell me baby, what's my name
I tell you one time,
you're to blame
Ooo,whoOoo, whoOoo,yeah
What's my name
Tell me, baby, what's my name
Tell me, sweetie, what's my name
Ooo, who, whoOoo, yeah